Imagine Especial com Zayn Malik - Gorilla

segunda-feira, janeiro 12, 2015 | | |

 NOTAS DA AUTORA: 

Bom, um certo dia eu estava ouvindo Gorilla e me veio na cabeça fazer esse imagine, ficou meio sei lá, mais mesmo assim... Espero que gostem!


Gorilla- Bruno Mars



SEUNOME NARRANDO



As gotas de água não paravam de cair em cima do meu corpo, agora completamente encharcado. Corri pelas ruas geladas de Bradford, tentando abrigar-me da chuva debaixo dos telheiros de casas ou de arvores grandes de folhas espessas o suficiente para me manter seca. Parei debaixo de um telheiro minúsculo. Estava gelada, tanto o meu cabelo como as minhas roupas estavam num estado lastimável. Apenas quero que esta tempestade pare, quero ir para casa, para o meu quarto, para longe dos problemas que envolvem a minha vida. A chuva abrandou, uma oportunidade para mim. Comecei a correr de novo em direção a casa, o que era difícil, pois os meus pés estava doloridos de tanto correr.

Finalmente parei na entrada da casa ofegante e cansada. Coloquei a chave na fechadura e rodei-a e abri a porta de madeira velha e estragada. Pousei meu casaco no cabide e as minhas chaves na mesinha de hall de entrada. Tranquei a porta atrás de mim e andei até a pequena salinha de estar. E então a campainha soa.

Caminho até a porta resmungando, a abri-a. O rapaz de olhos castanhos, tatuado entra sem nem sequer dizer um ''Olá''.

''Zayn, o que faz aqui?'' Perguntei bufando logo depois.

''Eu vim fazer uma visita, não vê?'' Riu debochado.

''Mas eu não te quero aqui...'' Disse na tentativa de o fazer ir embora e perceber que já estava farta de seus joguinhos.

''Oh, Seunome não seja rude assim.'' Ele disse rindo logo depois.

''Zayn, entenda que você é uma pessoa completamente insensível, não quer saber de ninguém além de si mesmo! As pessoas não gostam disso, ok? As pessoas gostam de alguém para poder confiar, alguém para amar...'' Fui interrompida por ele, como sempre.

''Amar? Ou seja ficar com a mesma pessoa para o resto da minha vida? Eu já te disse mais de cem vezes que EU NÃO AMO NINGUÉM!!'' Vociferou. Mesmo já tendo ouvindo estas palavras antes, magoam na mesma, Magoa saber que eu o amo com todo o meu corpo, com toda a minha alma, com toda  minha vida e ele não quer saber. Mas o que eu estava esperando? É o Zayn, o menino mais frio do mundo, o menino cujo coração não tem nada para além de tristeza e desgosto.

''Vai embora daqui, Zayn! Agora!'' Gritei. As palavras de magoam de uma forma muito dolorosa e mesmo assim eu ainda o amo. Zayn nem sequer se mexeu de onde estava. Apenas me encarou franzindo a testa. ''Não me ouviu? Sai daqui!''

Zayn andou na minha direção e me beijou. Senti demasiado desejo no seu beijo, as suas mãos percorriam todo o meu corpo, sua língua explorava toda a minha boca. Não consegui resistir, correspondi ao seu beijo, como sempre e senti um sorriso vitorioso se forma em seu rosto durante o beijo.

Meu corpo foi deitado no sofá, enquanto beijos quentes eram depositados em meu pescoço. Podia sentir a sua respiração pesada em minha nuca, que de alguma forma me agradava.

''Zayn... Eu...'' Falei, tentando conter os meu gemidos.

''Shhh... eu sei que você quer isso tanto quanto eu Seunome.'' Sussurrou no meu ouvindo. Soltei um gemido alto. Ele sorriu, por que sabe que me deixa assim... Tão vulnerável. Fraca.



As suas ásperas mãos pararam no fim da minha camiseta. Sorriu e eu suspirei. Ele rapidamente a tirou do corpo. Olhou-me de cima abaixa, me tapei com minhas mãos, ficando incomodada com o seu olhar pelo meu corpo.

''Não se tampe para mim. Você é linda.'' Ele gemeu em meu ouvido.

Os seus lábios deixaram uma trilha de beijos pelo meu peito. Suas mãos irrequietas desceram até meu traseiro, e Zayn deu um leve aperto no mesmo. Inverti as posições ficando por cima, com uma perna de cada lado de sua cintura. Beijei os seus lábios ferozmente, minha língua brincava com sua língua, recebendo longos suspiros da parte de Zayn. As minhas mãos tiraram a sua t-shirt preta, destapando o seu corpo perfeito. Beijei seu queixo e desci as minhas mãos até as suas calças skinny. Rapidamente as tirei, revelando a grande ereção ainda tapada com o fino tecido das suas boxers.

Zayn sorriu maliciosamente e voltou a inverter as posições. As suas mãos pararam nas minhas costas, na tentativa de tirar o meu sutiã de renda branco, mas não estava conseguindo aparentemente.

''Porra! Por que é que vocês ainda usam esta merda?'' Disse fazendo tanta força, que os aros se partiram e o sutiã foi jogado ferozmente no chão, e rapidamente Zayn dirigiu seu olhar para meus seios descobertos.

Sua língua quente fazia círculos imaginários em um dos meus seios, enquanto o outro era massageado pela sua mão pesada. Gemidos abafados começaram a sair da minha boca, o que só excitava Zayn cada vez mais. Sentia a sua ereção crescer ainda mais.

Gemi alto quando Zayn mordiscou um dos meus seios, o que o fez rir. Os seus olhos fitavam os meus. Zayn sorriu e começou a beijar o meu corpo até parar nas minhas ancas. As mesmas foram apertadas por ele. Um gemido descontrolado saiu de meus lábios quando o sentir puxar as minhas calças junto com a minha calcinha. Os seus olhos estavam agora concentrados na minha intimidade. Um dos seus dedos começou a fazer movimentos de vai e vem dentro de mim. Gemidos saíam loucamente de dentro de mim, o prazer que eu sentia era inexplicável.

''Você gosta?'' Sussurrou ao colocar mais um dedo. Gemi em resposta, pois não conseguia formular uma frase. Ele repetiu o movimento diversas vezes, me provocando. Estava quase no meu máximo, quando ele tira os dedos de mim, levando-os até sua boca, enquanto a sua língua envolvia toda a superfície.

''Se você soubesse como seu gosto é bom Seunome...'' Ele sussurrou no meu ouvido, mordendo o lóbulo da minha orelha. ''Tão doce''

Me sentei entre suas pernas, enquanto ele me lançava um olhar confuso.

''Agora é a minha vez!'' Simplesmente disse e recebi um sorriso malicioso de sua parte.

As minhas mãos retiraram suas boxers escuras, revelando seu membro ereto e melado. As minhas mãos pousaram no mesmo fazendo movimentos lentos cima para baixo.

''Oh... Por favor...'' Ele gemia. Era exatamente o que eu queria, fazê-lo sofrer, como ele faz comigo. Nunca o tinha visto tão vulnerável.

A minha língua circundou a cabeça de seu membro. Continuei fazendo os movimentos lentos, vendo suas reação. Zayn gemeu, fechando os olhos com força e deixando sua cabeça cair para trás. Acelerei os movimentos, sentindo-o levantar um pouco a cintura. Mordi levemente o seu membro, fazendo-o arregalar os olhos e gemer alto.

''Hey, isso não é comestível!'' Gemeu, quase chegando ao seu orgasmo.

Parei os movimentos e beijei os seus lábios, sua língua deslizou em meu lábio inferior. Dei passagem enquanto que ele apalpava os meus seios de novo. Gemidos eram produzidos pela minha boca. Um último beijo foi depositado no meu pescoço, enquanto Zayn se levantava.

Voltou para perto de mim, agora segurando uma pequena embalagem brilhante. Colocou o plástico no seu membro e me pegou no colo encostando-me na parede fria. Sim, porque para Zayn ter sexo em um sofá é civilizado demais.  Senti o seu membro ser colocado dentro de mim de uma vez só, fazendo-me gemer de dor. Zayn começou com movimentos calmos, e seu quadril se encontrava tenso. 


''Ah... Zayn... ah, mais...m-ais rápido'' Pedi entre gemidos altos.

Ele sorriu contra minha nuca, fazendo entoadas muito fortes e rápidas. Os seus movimentos eram apressados. Nossos corpos estavam suados e grudavam um nos outros, enquanto recebia beijos quentes em meu peito. As minhas mãos agarravam os seus cabelos castanhos, enquanto gemia descontroladamente.

''Só eu posso fazer isso, mais ninguém Seunome, mais ninguém.'' Sussurrou.

''Oh ... Zayn.'' Gemi.

''Mais alto, diga só eu posso fazer isso, diga!'' Ordenou, enquanto dava estocadas mais fortes.

''Só você, Zayn... Oh... Só você'' Gemi alto, obtendo um suspiro abafado dele.

''Já disse como adoro a forma como seu corpo me corresponde?'' Sorriu, mostrando os seus dentes brancos.

Gemi ainda mais, quando a velocidade foi aumentada. Estava quase no meu orgasmo, quando sinto Zayn sair de dentro de mim Grunhi em descontentamento mas ele apenas riu.

''Vamos nos divertir mais um pouco, Seunome..'' Sorriu maliciosamente. ''Fique de quatro, querida.'' Ordenou. Eu obedeci, colocando-me na posição pedida. Senti Zayn penetrar-me de novo, mas desta vez era diferente. O prazer era maior. Suas entoadas eram velozes e prazerosas mesmo sendo doloridas.

''Z...ayn!'' Gemi, quase como um grito. Zayn continuou com as suas investidas fortes enquanto que eu gritava o seu nome.

''Estou quase lá, querida''  Ele gemeu.

Deu mais algumas investidas e ambos chegamos ao orgasmo. Não sei descrever o que sinto... quero dizer sinto um pouco de medo, pois tenho quase certeza de que ele vai voltar a ser frio comigo a qualquer momento. Olhei para os seus olhos castanhos.

''Zayn, bem...'' Comecei, mais não sabia o que dizer.

''Sabe Seunome, gosto mesmo de você, só que não sei explicar direito.''Eu sorrio '' Eu te amo!''




Happy Birthday Zayn Jawaad Malik


Como é bom vê você sorrindo...
Como é bom vê você feliz...
Não dá pra expressar meu amor por você apenas com um imagine, mais saiba Zayn que 
Eu te amo muito e eu nunca, nunca mesmo vou esquecer você, feliz aniversário Espelho, e que sua felicidade
Seja eterna! 


blogs: (x) e (x)
Quer uma capa para sua fanfic? FORMULÁRIO DA TIA LIZ
Meu tt: @ToledoLizz, Adeus e até mais!

10 comentários:

  1. Onde clica pra para de soltar arco-íris pela boca?

    ResponderExcluir
  2. Poderia divulgar?
    http://small-belieber.blogspot.com.br/
    Obg, desde já.

    ResponderExcluir
  3. Ao ver o título ja me apaixonei sem mais explicações, quando vi q realmente foi inspirado no MEU homem kk aí pronto me apaixonei mais ainda, ao invés de Zayn imaginei Bruno, Sorry não pude evitar, e nada me tira da cabeça q é o Bruno nesse imagine kkkk

    ResponderExcluir
  4. hahahah, n faz mal amorzinho eu tbm imaginei o Bruno, ele com aquela voz sexy, oh god!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siim, é disso que eu tô falando, ♥.♥ me encontrei nesse blog, "garçom me vê um coca com bastante gelo" pq eu não saio desse blog nunca mais o/

      Excluir